O Segredo da Certeza (Gn. 1) – Episódio Especial

0
696

Texto do Vídeo

Bereshit. No princípio. Muitos não sabem, mas essa palavra hebraica tem dividido os sábios há milênios. Porque ela, na verdade, é um grande enigma.

Bereshit pode ser traduzido de duas formas: “No princípio de…” ou “Em um princípio”. Se for “no princípio de…”, fica a pergunta: No princípio de quê? Alguns dizem no princípio do tempo, outros no princípio desta criação, mas a Torá se cala.

Se for “em um princípio”, isso significa que já houve outras criações? Alguns sábios judeus chegam a dizer que esta é a sétima vez que o Eterno cria céus e terra. Mas qual é a resposta correta? Ninguém sabe.

Já na primeira palavra, a Torá não revela todas as coisas ao homem. A primeira coisa a ser criada não foram os céus e a terra. Foi a incerteza.

Essa é uma fortíssima mensagem do Eterno: Desde o princípio, você não irá ter todas as respostas. Existe um espaço grande para a dúvida, e para a incerteza. Caso não houvesse, nós seríamos deuses oniscientes.

A dúvida se forma porque somos limitados. Por mais maravilhosa que seja a criação, ela jamais vai ser igual ao Criador.

Não se torture, portanto, se você não tiver todas as respostas. Não se sinta mal se houver momentos em que você não souber o que fazer, como agir, mesmo com relação à própria fé.

O ser humano quer uma coisa que não pertence a essa criação: A certeza. Porque a primeira obra desta criação foi a dúvida.
Querer a certeza não é ruim, porque também fomos criados assim. Mas com que propósito? Se a certeza não está presente nesta criação, então esse desejo de algo mais é justamente o que nos conduzirá à próxima criação. Isto é, ao mundo vindouro.

O Eterno deu ao homem um desejo por algo que não existe nesta criação, para que ele pudesse buscar o mundo vindouro. Como poderia o homem alcançar aquilo que não busca?

O desejo da certeza é bom, porém, não pode te fazer sofrer. É preciso aceitar que a dúvida é parte da criação, e que ela não pode te paralizar. Precisamos aceitar a dúvida, mesmo que sonhemos com a certeza que há de vir.

Se a dúvida te consome, e você desejar, faça esta oração: Eterno, Criador de tudo que há, ajuda-me a me aceitar como sou. Com minhas limitações, e incertezas. E a aceitar que o que não está ao meu alcance encontra-se nas Tuas mãos. Agradeço-Te por estar sempre comigo, mesmo nos meus momentos de dúvida. Permita que minhas incertezas me façam crescer, mas que não venham a me paralizar. Em Ti confio, e em Ti confiarei, até que venha a ter todas as respostas.