MashiaH Ben Yossêf (Judaísmo em 5 Minutos)

0
845

Texto do Vídeo

O tema de hoje é algo que gera muitas dúvidas: Mashiah Ben Yossêf, o ungido filho de José: Quem é, e o que fará?

Diversos Ungidos

A primeira coisa que deve ser entendida é que o termo ‘Mashiah‘ que significa ‘ungido’, e não é usado exclusivamente na Bíblia judaica para se referir ao descendente de Davi que inaugurará uma era de paz em Israel. 

Esse termo é usado para várias pessoas em diferentes funções, e até mesmo em referência poética ao próprio povo de Israel.

Na Bíblia judaica, vemos o termo ‘Mashiah ser aplicado a pessoas em diferentes contextos: sacerdotes, profetas, reis de Israel, e até mesmo reis estrangeiros. O fato de alguém ser chamado de ‘Mashiah‘ não implica nem que aquela pessoa seja descendente de Davi, nem que vá ser um rei sobre Israel.

O Ato de Ungir

Nos tempos antigos, óleos aromáticos eram caros, e simbólicos de status social. Por essa razão, o ato de ungir alguém indicava que aquela pessoa era importante ou estava numa função primordial. Como, por exemplo, nós temos nos dias de hoje a cerimônia de posse de um presidente ou ministro.

Mas, então, de onde surge a ideia de Mashiah Ben Yossêf?

Profecias

Da profecia dada por Moshé (Moisés) sobre a tribo de Yossêf (José) que diz assim: “seus chifres são os chifres de um boi selvagem, com os quais ferirá as nações, até os confins da terra.” (Dt. 33:17)

Nessa profecia, vemos que a tribo de José iria ferir as nações. Quando juntamos isso com a profecia de Ezequiel 38 e 39, que fala sobre as nações subindo contra Israel depois que Israel fosse restaurado, começamos então a perceber a origem do conceito.

Todas essas profecias são entendido como referências ao fato de que Israel seria restaurado mesmo antes de se arrepender, o que culminaria nessa guerra, que seria um levante final contra Israel. Nela, o Eterno demonstrará todo o Seu poder e fidelidade para com a nação de Israel, provocando então por fim o arrependimento que irá dar origem a uma era de paz.

Os sábios judeus viram portanto que seria nesse momento que a tribo de José feriria as nações. Mashiah Ben Yossêf, portanto, não será um rei, mas sim líder militar, de tribo de José (Yossêf) que comandará os exércitos de Israel.

Descendente de Yehoshua` (Josué)

Além de ser um descendente de José, ele será mais especificamente, da meia-tribo de Efraim, e seria um descendente direto de Yehoshua` Ben Nun (Josué filho de Nun).

E do mesmo jeito que Josué conquistou a terra de Canaã e a livrou dos inimigos, assim também fará Mashiah Ben Yossêf, livrando Israel das nações inimigas.

Morto em Batalha

Esse líder político-militar se levantaria para guerrear contra as nações e proteger Israel, e seria morto durante a batalha, próximo aos portões de Jerusalém.

A morte dele trará um grande sofrimento para Israel, mas devido à sua ação, ele e o Messias filho de Davi conseguirão derrotar os inimigos de Israel, e assim terá início a era de paz.

Mashiah Ben Yossêf x Mashiah Ben Dawid

Mashiah Ben Dawid (o Messias prometido, filho de Davi) ficará profundamente amargurado com a morte de Mashiah Ben Yossêf e pedirá ao Eterno que ressuscite Mashiah Ben Yossêf. Embora isso não seja dito explicitamente, é possível que seja justamente esse pedido que venha a catalizar a ressurreição dos mortos profetizada para o fim dos tempos.

É impossível que Mashiah Ben Yossef e Mashiah Ben Dawid sejam a mesma pessoa, mesmo que em duas vindas. Por duas razões: A primeira porque ambos aparecem interagindo no fim dos tempos.

E a segunda: Porque ninguém que pertença à tribo de Yehudá (Judá) poderia ser da tribo de Yossêf (José) ao mesmo tempo, e vice-versa. Uma coisa necessariamente excluiria a outra.

Fontes:

  • Tanakh: Lv. 4:3-5,16, 6:22-23; Dt. 33:17; 1 Rs. 19:16; Is. 45:1; Ez. 38 e 39;
  • Targum Shir haShirim 4:5, 7:4
  • Targum Tosefta Zc. 12:10
  • Targum Yerushalmi Ex. 40:8-10;
  • Talmud Babli Suká 52a
  • Jewish Encyclopedia: Messiah b. Joseph
  • Artigo: Moshiach Ben Yossef (R. Immanuel Shochet)